sábado, 1 de agosto de 2009

Ás vezes é melhor não acreditar

Não acreditar que pertencíamos um ao outro e agora, não mais. Não, isso não pode ser verdade.

No início, pode parecer drama mas achei que morreria sem você. Achava que nada iria apagar, disfarçar ou preencher o lugar que você ocupava em meu coração e em minha mente. Me doía cada vez mais e mais, pensar em você longe de mim. Lembrar que não estaria mais ao meu lado, era torturante. Passar pelos lugares que há tempo atrás ficávamos ali juntos, rindo, conversando, falando da vida, fazia me desmanchar em lágrimas. E foi assim durante muito tempo.

Mas eu sabia que teria que me acostumar. Me acostumar a te ver de longe e não poder te puxar pra perto de mim e nunca mais soltar, teria que me acostumar com a tua ausência, me acostumar a ficar sozinha. Aliás, assim que seria dali pra frente. Estava sendo obrigada a me acostumar, era necessário.

Depois de um tempo, posso dizer que me acostumei. Dizer que me esqueci, jamais. Agora consigo pensar em você sem deixar as lágrimas rolarem pelo meu rosto, posso te ver sem meu coração bater tão alto de modo que eu acabo achando que você pode ouvir.
Até agora não consigo acreditar como tudo começou e acabou tão rápido. Confesso que essa experiência me fez desacreditar um pouco no amor.



-

Vocês estão cansados de ouvir e eu cansada de falar de amor aqui, rs. Prometo que mudarei um pouco de assunto. Mas tudo que escrevo sobre amor é real, são algumas das minha experiências no tão difícil relacionamento amoroso. Esse texto é praticamente um desfecho deste. Não exatamente um desfecho, mas foi feito relacionado a mesma pessoa.

7 comentários:

Erica Ferro disse...

Hum, bem bom teu texto.
Gostei. :**

claudiahmartins disse...

que lindooo textooo e trsiteee :~

beijão

// . vi disse...

.*. Olá!!! Passei daqui para conhecer seu lindo espaço! Se puder me fazer uma visitinha vou amar com certeza! Beijos e boa quinta! =*

Bruxa das Letras disse...

Oi Ale!e ai como que você tá?Amei o seu texto viu linda!
Você escreve muito bem!Já pensou em fazer faculdade de Jornalismo?Acho que seria uma boa pra você.
vê se não some e passa lá no meu blog tá.
Esse texto é bem tristinho,faz a gente refletir um pouco mais.
Beijos!

laune disse...

lindolindo *.* e aproveitando o comentário.. estou fazendo um concurso lá no blog: http://laune.wordpress.com/ e gostaria que tu participasse, se não quizer, ao menos da uma ajudinha com uma divulgada tá? obg :*

Larissa disse...

Ah, o amoor *--*
poucas blogueiras conseguem passar muito tempo sem falar sobre isso.
Um texto meio tristinho desta vez (pelo menos do meu ponto de vista. Ta lindo ainda assim. Vcê escreve suuper.

beeijoos ;*

laune disse...

O selo "Olha que blog maneiro" que tem lá no blog é teu :* http://laune.wordpress.com/